Masterclasses

Aqui, o visitante da ViniBraExpo terá a oportunidade de participar de belíssimas degustações dirigidas por alguns dos maiores especialistas do Brasil. Serão, no total, 10 Masterclasses divididas por temas específicos, com a prova de 5 vinhos de exceção em cada uma delas e duração de 1h30′.

Sábado, 04/08

12h: Top-Espumantes do Brasil

Uma Masterclass inaugural de grande elegância. Sob a condução de Adolfo Lona e Marco Salton (Valmarino), vos convidamos a uma imersão pelos mais destacados produtores de espumante de nosso país, em uma prova com muita classe, cheia de nuances, por borbulhas consideradas o “crème de la crème”; dos mais reputados produtores de nosso país. Em taça, o melhor dos melhores: Adolfo Lona, Valmarino, Cave Geisse, Peterlongo, ao lado de duas belíssimas revelações: Luiz Porto e Rio Sol. O que eles têm em comum: a capacidade de reafirmar o altíssimo nível em que nos encontramos nesta matéria.

14h: Brancos Fora da Curva

Não bastaria dizer que aqui teremos brancos fora do “lugar comum”. Temos e podemos sim afirmar que tratam-se de vinhos intrigantes e que evocam o melhor de suas terras. Cada qual à sua maneira, das altitudes catarinenses, os complexos Ribolla Gialla da Villaggio Conti e Selvaggio da Villaggio Bassetti, o nada óbvio e intrigante Vinhetica Sauvignon unfiltered, da Campanha, o sedutor e exótico Gewürtzraminer da Luiz Argenta-RS e o untuoso Vista do Bosque Viognier da Guaspar-SP em uma prova simplesmente apaixonante! Com as presenças de seus enólogos e vinhateiros.

16h: Grandes Vinhos de Dupla-Poda

Dupla poda, poda invertida, terroir ou colheita de inverno. Não importa como você a queira chamar, fato é que, do sul das Minas Gerais ao Cerrado goiano, passando pela Mantiqueira paulista e pelas serras fluminense e capixaba, o que se tem visto é uma verdadeira revolução, perpetrada por colheitas secas invernais em lugar das chuvas de verão. O resultado é uma enxurrada de grandes vinhos e que, em pouco tempo, já lograram reconhecimento internacional. Preparem-se para provar do premiado Maria Maria Sauvignon-MG ao raro Terroir Pireneus-GO, do inusitado Cabernet Franc da Inconfidência-RJ à potência do Cabernet da Luiz Porto-MG, findando com um vinho histórico, o Primeira Estrada Syrah. Ministrado pelo grande desbravador da técnica, o emérito professor Murillo de Albuquerque Regina, da EPAMIG e com a presença de seus criadores: Eduardo Junqueira (Maria Maria), Junior Porto (Luiz Porto) e José Claudio (Inconfidência).

18h: Máxima Expressão das Castas

A história de nossa vitivinicultura fina e de alto padrão é recente e sua inexorável evolução vem se dando à custa de uma verdadeira batalha de “tentativa e acerto” tanto no campo quanto na cantina. Ainda há muito o que ser explorado e a busca pela melhor adaptabilidade das cultivares aos diversos solos e pela vocação de cada uma destas parece ter apenas começado. No entanto, já construímos uma boa base de conhecimento que nos permite elencar os casos onde já se tem consumada a associação dos inúmeros fatores que conspira em favor da “Máxima Expressão” de determinados terroirs. Em prova: um cativante Teroldego de Encruzilhada, um intenso Cabernet Franc de Pinto Bandeira, um complexo Syrah da Mantiqueira paulista, um provocativo Tannat da Campanha e um opulento Cabernet da Altitude catarinense.

20h: Super Merlots da Safra 2012, D.O. Vale dos Vinhedos

Nossa única denominação de origem estabelecida, a DO Vale dos Vinhedos colheu a “sua Merlot” sob condições excepcionais em 2012. Não bastasse o caráter bem acima da média da safra, uma das melhores dos últimos tempos, estes vinhos encontram-se, passados 6 anos desta vindima, em um momento todo ele especial de suas vidas em garrafa. Em taça, toda a expressão do velho Vale, nossa mais tradicional região vinhateira em uma mágica prova horizontal com 5 Super Merlots com o selo D.O. Vale dos Vinhedos dos mais respeitados produtores.

Comprar Ingresso

Domingo, 05/08

12h: Os Melhores Chardonnays do Brasil

Uma das castas mais “populares” do mundo, a Chardonnay está também entre as mais adaptáveis cultivares. Frutifica e vinifica muito bem desde a sua origem na Borgonha até o seu eldorado californiano, protagonizando em virtualmente todos os demais países de grande tradição vitivinícola, desfilando diversos caracteres, configurando inúmeros estilos. E aqui no Brasil, como ela se comporta? À mesa, 5 dos melhores exemplares das nossas terras, com propostas distintas e referências, das mais variadas: Vinícola Sozo (Campos de Cima), Bodega Sossego (Campanha), Maximo Boschi (Vale dos Vinhedos), Villaggio Grando (Vinhos de Altitude), Casa Verrone (São Paulo), cada um seguindo uma escola, todos respeitando o seu terroir.

14h: Painel Vinhos Naturais

Naturais, orgânicos e biodinâmicos, muito além disso, a escola pouco intervencionista de vitivinicultura é uma filosofia, trazendo expressões bem diferentes e resultando em vinhos totalmente fora do óbvio. O Brasil tem revelado ótimos produtores, que tem logrado não apenas em seguir os preceitos de tais técnicas, mas, sobretudo por entregarem vinhos de grande qualidade. Em prova, 5 dos mais representativos produtores da atualidade, 5 rótulos meditativos e apresentação de dois dos mais versados especialistas no assunto, os vinhateiros e wine-educators Pedro Hermeto e Alain Inglês.

16h: Um Novo Brasil

O mais versado especialista em vinhos brasileiros da atualidade, Rogerio Dardeau será o encarregado de proferir a palestra que tratará das novas fronteiras vitivinícolas que vem se descortinando pelo nosso país. Teremos aqui um verdadeiro “up-to- date” acerca desta efervescente e dinâmica cena, contada através de vinhos surpreendentes originários de regiões igualmente inusitadas e que, há bem pouco tempo atrás, sequer constavam em nosso mapa. Em prova, vinhos dos estados do Santa Catarina, Paraná, São Paulo, Minas Gerais e Pernambuco.

18h: Castas e Vinhos Raros

Aqui terá lugar a exceção ao convencional. Num painel rico pela grande diversidade das castas em prova, complexo por tudo o que cada uma delas tem a dizer e de grande valor enofílico por tratarem-se, todos, de vinhos de grande distinção, mas nada consensuais. Ninguém melhor do que Dirceu Scottà, enólogo da Dal Pizzol e ex-presidente do Instituto Brasileiro do Vinho, para nos conduzir por um tour cuidadosamente selecionado pelos melhores representantes em solo brasileiro das castas Alicante Bouschet (Rio Sol), Ancelotta (Dal Pizzol), Touriga Nacional (Czarnobay), Marselan (Larentis) e Tempranillo (Malgarim).

20h: 2005: Uma Safra Histórica

A sessão de encerramento das Masterclasses da ViniBraExpo 2018, trará um prova atemporal. Gustavo Guagliardi Pacheco apresentará 5 daqueles que podem ser considerados os mais valiosos tintos brasileiros do ano de 2005, uma safra abençoada em toda a Serra Gaúcha, considerada a melhor da nossa recente, porém orgulhosa história. Perfilados estarão rótulos consagrados como Don Abel Rota 324, Gran Fabian, Casa Marques Pereira Merlot, Milantino Tannat e Don Laurindo Gran Reserva, numa prova que promete ficar na memória e fechará com chave de ouro os trabalhos da 2a edição da grande celebração pelo vinho brasileiro.

Comprar Ingresso

Uma excelente oportunidade tanto para iniciantes quanto para os mais avançados no assunto de degustar vinhos de exceção, raros e em sua grande maioria esgotados, em um ambiente de instrução e muita enriquecedor.

Os temas abordados foram escolhidos diante da sua importância no cenário atual e os vinhos foram cuidadosamente selecionados respeitando-se a premissa de seus predicados extraordinários.

O Centro de Eventos onde ocorrerão as Masterclasses é parte do complexo e está em situação central e bem sinalizada, sendo necessário adquirir o ingresso do dia do evento para acessar a sala onde ocorrerão as Masterclasses daquele mesmo dia. Não é possível adquirir ingressos separadamente. Maiores informações: www.ingressorapido.com.br.